Deadpool: 5 motivos para correr AGORA para o cinema

deadpool

Stop! Wait a minute!
Antes de começar a ler todas essas coisas boas sobre o filme do Deadpool, dê o play aqui e não tente resistir ao movimento da cabeça:

Sim, Deadpool talvez seja o melhor filme com personagem da Marvel já feito. Não, eu não sou a master conhecedora de quadrinhos que sabe argumentar a respeito de plot twist do universo alternativo retratado no volume 375 daquele quadrinho B da Vertigo. Portanto, se você estiver esperando uma comparação babaca da obra em quadrinho com a obra cinematográfica, já pode cair fora porque isso não vai rolar.

deadpool

Eu vou falar hoje sobre os motivos pelos quais achei o filme do Deadpool FODA PRA CARALHO, então, sem babaquice para o meu lado, belezinha?

Então vamos lá.


 

Por que eu gostei tanto de Deadpool e acho que você deveria tirar a sua bunda da cadeira para assisti-lo?

 

Motivo nº 1:

LOW EXPECTATIONS

Eu já devo avisar: eu tenho um pequeno problema (ranso, birra, asquinho) de produções que prometem O MUNDO. Essa vibe meio “quero ser épico” de, por exemplo, Batman x Superman. Essa coisa meio magnânima, meio prepotente. Filmes de fantasia que se levam muito a sério. Não que todos os filmes que assumam essa postura sejam ruins, NOPE, NÃO É ISSO! Por exemplo, O Senhor dos Anéis é um filme que sempre assumiu essa postura de grandiosidade, mas nunca tive problemas com ele porque, afinal, ele correspondeu a tudo aquilo que propunha. A questão é que a minha tendência a me decepcionar aumenta consideravelmente conforme o filme me imputa esse epicness. E isso me deixa com um pouco de preguicinha.

Deadpool chegou como quem não quer nada, fazendo piada de si mesmo, sem a intenção de atrair MULTIDÕES DE TODOS OS TIPOS E IDADES, e deu no que deu, batendo vários recordes de bilheteria. Um fenômeno semelhante ocorreu com Guardiões da Galáxia, que nunca prometeu nada épico e conseguiu, né, superar o Homem de Aço.

batman x superman
OLHA O QUANTO ISSO PROMETE SER ÉPICO! #jáfugi

 

Motivo nº 2:

METALINGUAGEM

Ah, a metalinguagem! Um dos meus elementos narrativos favoritos de tôstempos. Desde Dom Casmurro, sinto um tesão absurdo por todo aquele texto que brinca consigo próprio. Essa parada de conversar com o expectador, admitir que aquilo é um filme, brincar com elementos externos fugindo um pouco da verossimilhança.

deadpool

Isso é uma característica percebida em todas as mídias (quase todas, né, pq RIP FILME DO VÔVERINE) em que o Deadpool aparece. Desde seus primeiros quadrinhos ele conversa com o leitor e interage com os elementos da própria revista. Ele admite que é um personagem de um quadrinho. No jogo de 2013, ele sabe que é um personagem de um jogo. E neste filme também, como não poderia deixar de ser em uma boa adaptação do ‘Merc with a Mouth‘.  A qubra da quarta parede é uma constante e isso é algo novo, excitante e muito divertido.


 

Motivo nº 3:

RYAN REYNOLDS E MORENA BACCARIN

deadpool
Apenas. ~~ Próximo item!

 

Motivo nº 4:

A TRILHA SONORA!

Novamente, fazendo um paralelo ao Guardiões da Galáxia, este é um filme no qual a trilha sonora realmente fez a diferença. Em situações, inclusive, saindo do plano de fundo e atuando quase como protagonista em algumas cenas! Além disso, ele soube utilizar músicas improváveis (como, por exemplo, Angel of the Morning em uma cena de AÇÃO) e mesclar coisas que sua tia escutava na adolescência com sons mais modernosos, tipo The Black Keys. Mas o que há em comum em tantas músicas de estilos e épocas diferentes é que: nenhuma delas pareceu, nem minimamente, fora de contexto! SÉRIO, A OST É SENSACIONAL.

deadpool


Motivo nº 5:

REFERÊNCIAS EVERYWHERE

Fica muito difícil falar sobre as referências feitas no filme sem estragar completamente a experiência para quem ainda não assistiu, pois praticamente todas os funny moments são piadinhas internas se referindo a outros personagens, filmes, elementos e outras coisas a mais. Basicamente, este é um filme que pede um pouco de repertório prévio para que ele seja plenamente aproveitado pelo público, mas não é nada com camadas muito profundas. Algumas coisas passam muito rápido pela tela, então é importante ficar muito atento! As melhores piadas envolvem os personagens, filmes, atores e até contratos entre produtoras relacionados aos X-Men – sério, a piada com o professor Xavier é INCRÍVEL –, aos filmes do Wolverine e a alguns trabalhos anteriores de Ryan Reynolds (alô, Lanterna Verde!) que são uma merda não são muito apreciadas pelo público.

ESTE VÍDEO CONTÉM/EXPLICA ALGUMAS PIADINHAS DE REFERÊNCIAS.
ASSISTA POR SUA CONTA E RISCO:


 

Enfim, Deadpool ganhou mais uma vez o meu coração <3 Seu filme fez jus a tudo que o personagem contruiu até agora em seus ótimos quadrinhos e seu bom jogo de videogame. É claro que nem tudo no universo é perfeito, então, em uma escala de 5 CHIMICHANGAS, eu acho que o filme pode ganhar 4 CHIMICHANGAS e um pedacinho.

chimichangas

Eu não gosto muito de roteiros que contam a origem das coisas, pois acho que quebra um pouco a narração. Mas acho que o primeiro filme me deixou com uma boa expectativa para o próximo.

(OH WAIT, EXPECTATIVA? OMG. NO!)

maxresdefault

 

E você? O que achou do filme do Deadpool? Concorda comigo ou está com vontade de me mandar à merda? Comente abaixo e a gente vê o que acontece depois :) #pieideiesaí

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *